quinta-feira, 16 de julho de 2009

A BÊNÇÃO DA GRAÇA DE DEUS

Efésios 1,3-6

Introdução

pombaQuem já foi abençoado por Deus? Quem quer ser mais abençoado por Deus? Bem, acredito que as respostas destas duas perguntas sejam a mesma, eu. Todos nós já, de algum jeito, fomos abençoados por Deus e gostaria de receber mais bênçãos dEle.

E seguindo a Epístola aos Efésios vemos nestes versículos, de 3-6, o Apóstolo Paulo falar algo tremendo e profundamente verdadeiro: Deus tem nos abençoado com toda sorte de bênção espiritual.

A grande questão, no entanto, que se levanta é: Qual é a maior bênção de Deus sobre nós? Esta é uma importante questão quando levamos em conta o hodierno tempo. Atualmente as pessoas identificam que a maior bênção dada pelo Senhor a elas consiste nas coisas que elas mais desejam.

Contudo, esquecem do que realmente é a maior bênção e a fonte de todas as outras bênçãos que é a graça de Deus. Neste texto de Efésios temos o Apóstolo exaltando a graça de Deus para com os efésios com o propósito de, como nos diz Calvino ao comentar este texto, “prepará-los para que não permitissem que sua fé fosse abalada...como se sua salvação devesse ser buscada por outra via.”

Hoje, por conseguinte, Deus quer fazer o mesmo conosco, pois deseja nos falar sobre a benção da graça dEle sobre as nossas vidas, para que nós estejamos preparados para não deixar nossa fé ser abalada, como se a nossa salvação e todas as bênçãos de nossas vidas sejam buscadas e fundamentadas por outra via além da graça de Deus.

Destarte, precisamos entender melhor a benção da graça de Deus sobre as nossas vidas. E não existe nada melhor do que transformar esta afirmação numa pergunta e assim questionar o texto da Palavra de Deus, para que ela nos responda. Então, ficaria assim: como é a benção da graça de Deus em nossas vidas?

1) Origina-se na Eleição

Podemos iniciar a responder esta pergunta olhando para os vv.4-5 e verificando algo tremendo: Deus nos escolheu. É o que nos diz o início do versículo 4. Vemos assim, a identificação de uma doutrina maravilhosa denominada de doutrina da Eleição. Dito de outra forma, podemos resumir a doutrina da eleição com esta frase do versículo 4: Deus nos escolheu. Não somos nós quem escolhemos a Deus, é o próprio Deus quem nos escolheu.

Continuando a leitura, vemos as Escrituras afirmarem que esta escolha de Deus deu-se antes da fundação do mundo. Isso é muito importante porque ressalta o fato de que a Eleição aconteceu muito antes da fundação do mundo, ou seja, antes do tempo ser estatuído por Deus. E por isso, já vislumbramos a verdade de que nossa eleição não foi baseada em nossos méritos, ou seja, pelo que fazemos ou deixamos de fazer, pelo nosso aceitar a Cristo.

Ao continuar a leitura vemos o texto dizendo mais. No final deste versículo e início do seguinte, vemos as Escrituras nos revelarem que em amor nos predestinou. Dito de outra forma, a nossa eleição não teve outra causa além da vontade soberana de Deus ao exercer Seu amor por nós. Logo, Deus nos escolheu porque nos ama, simplesmente ama, como cantamos numa das músicas do Ministério Vem Louvar.

Mais claro ainda fica quando lemos ao final do versículo 5 que a eleição e predestinação foram feitas segundo o beneplácito de sua vontade. Não houve nada em nós ou fora de nós que fizesse Deus nos escolher, apenas a sua vontade soberana em querer isso.

Isto tudo nos remete a certeza de que a bênção da graça de Deus origina-se na eleição ou, nas palavras de Calvino, o Apóstolo Paulo “chama a atenção deles (os efésios) para a causa primeira, para a fonte, ou seja, a eterna eleição divina.” A eleição baseada na vontade soberana e amorosa de Deus é o fundamento da benção da graça dEle sobre nós.

E podemos desdobrar isso e afirmar que todas as bênçãos de Deus derramadas em nossas vidas é fruto desta eleição amorosa. Deus nos abençoa das formas mais variadas porque Ele nos ama. As janelas dos céus são abertas sobre nós por causa do amor de Deus que nos escolheu antes da fundação do mundo.

2) Acontece a partir de Cristo

Mas como esta eleição eterna se concretiza em nossas vidas? A partir do que ou de quem? A resposta também está no texto. Se você observar atentamente para o texto perceberá que existe algo que se repete em todos os versículos deste texto que lemos.

No v.3 temos a expressão em Cristo, no v. 4 nele, que é Jesus Cristo, no v.5 por meio de Cristo e no v.6 no Amado, que também é Jesus Cristo. Logo, a bênção da graça de Deus acontece a partir de Cristo, não há outro jeito, outra maneira, outro caminho, pois só Jesus, como Ele mesmo disse em João 14,6, eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

Jesus, por conseguinte, é o nosso representante, aquele que nos substituiu pagando o preço pelas nossas vidas, aquele que conquistou a salvação para nós, aquele que nos reconciliou com o Pai. Assim sendo, o Pai nos elegeu para a salvação através de Cristo e com isso a bênção da graça de Deus invadiu e inundou a nossa vida.

Mais uma vez fica evidente que não foram os nossos méritos, não foi o nosso passo de fé, não foi o que deixamos de fazer, não foi aceitar a Cristo, mas foi Cristo ter morrido por nós, foi Ele ter-se entregado em nosso lugar, foi Ele ter vencido a morte, o mundo e o pecado.

A bênção da graça de Deus acontece a partir de Cristo e as demais bênçãos também vêm sobre nossas vidas a partir de Cristo. Dito de outra forma, porque Cristo tem a vitória e nós estamos nEle, nós também teremos a vitória. Mas, lembre-se de que o sofrimento faz parte da vida e que em muitos momentos antes da vitória vem o sofrimento, como foi com Cristo. Antes de Cristo vencer efetivamente, Ele sofreu. Muitas vezes também assim será conosco. Então, não desanime caso você esteja passando por dificuldades, pois afinal, o Senhor é aquele que manifesta o Seu poder sobre nós, as bênçãos são derramadas e a vitória se concretiza.

3) Tem  finalidade

Existe uma pergunta que normalmente não fazemos, qual é a finalidade da bênção de Deus sobre as nossas vidas? Pensando na maior bênção de Deus sobre nós que é a graça, ficaria assim a pergunta: Qual é a finalidade da bênção da graça de Deus?

O nosso texto também deixa claro qual é, ou quais são, as finalidades da bênção da graça de Deus. Olhemos o versículo 4. Nós fomos eleitos antes da fundação do mundo para quê? Sermos santos e irrepreensíveis. Logo, o fato de sermos eleitos pelos méritos de Cristo apenas e não pelo que fazemos ou deixamos de fazer, ou mesmo, o fato de não perdermos a salvação, não nos dá o direito de pecar. Na verdade é o contrário. Aqueles que foram eleitos antes da fundação mundo, aqueles que nunca perderão a salvação, são aqueles que devem buscar uma vida de santidade. A finalidade da bênção da graça de Deus é sermos santos. Você tem vivido uma vida santa?

Outra finalidade da bênção da graça de Deus podemos ver no versículo 5. Para adoção de filhos, ou seja, para que fôssemos transformados em filhos de Deus. Isso também podemos ver no versículo 6 quando na expressão ele nos concedeu gratuitamente no Amado, que poderia ser traduzida também como ele nos fez aceitos no Amado. Assim, a outra finalidade da graça de Deus em nossas vida é tornar-nos filhos de Deus. Você tem vivido como um filho do Deus Altíssimo?

Ainda há outra finalidade presente no texto. Na verdade esta é a principal finalidade da bênção da graça de Deus em nossas vidas, tanto que no início do texto e no final esta finalidade é apresentada. Como o Apóstolo Paulo começa o versículo 3? Bendito o Deus e Pai. A palavra bendito é uma forma de elogiar ao Senhor, é uma palavra que expressa gratidão e louvor ao Senhor que nos abençoa.

E o versículo 6 expressa a mesma coisa quando diz: para o louvor da glória de sua graça. Assim irmãos e irmãs, a benção da graça de Deus tem como finalidade principal produzir em nós gratidão ao Senhor. Que em nossas bocas e corações esteja sempre a frase: Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Por isso, gostaria de perguntar a você: Você tem sido grato ao Senhor pela bênção da graça dEle sobre a sua vida, bem como as demais bênçãos também? Você tem um coração grato ao Senhor pelas bênçãos derramadas sobre você? Como você tem demonstrado gratidão ao Senhor?

Conclusão

Todos nós queremos as bênçãos de Deus sobre as nossas vidas, contudo, não podemos esquecer da principal bênção de Deus que é a sua graça, pois é a partir da bênção da graça de Deus que todas as outras bênçãos se fundamentam.

E a bênção da graça origina-se na eleição. Deus nos escolheu para a salvação por amor. E por isso podemos crer que as outras bênçãos também serão derramadas sobre nossas vidas, pois Ele nos ama e por isso nos abençoa.

Também aprendemos que a bênção da graça de Deus acontece a partir de Cristo. Não foi pelos nossos méritos que recebemos a bênção da graça, mas pelos méritos, pela obra vicária, de Jesus Cristo. Somente através dEle somos salvos, somente através dEle somos abençoados. Jesus venceu e Ele nos dá a vitória. Não se esqueça, mesmo se houver sofrimento, dificuldades, problemas etc, a nossa vitória é certa, pois a nossa vitória é na verdade a vitória de Cristo se manifestando em nós.

Por último, aprendemos que a bênção da graça de Deus tem uma tripla finalidade, a saber: sermos santos e irrepreensíveis, tornar-nos filhos de Deus e gerar em nós gratidão, que é a precípua finalidade. Temos vivido sob a égide da santidade? Como filhos de Deus? E tendo um coração grato ao Senhor, bendizendo sempre o Seu nome?

Vida alegre e abençoada consiste em viver assim, com santidade, como filho de Deus e com gratidão no coração. Que o Senhor continue nos abençoando!

Rev. Marcio Tenponi Pacheco

2 comentários:

Black disse...

totalmente maravilhosa e nos mostra o quanto é dificil sermos gratos ao criador e autor da nossa fé!
parabéns rev que DEUS continue abençoando o seu ministério!!!

Rev. Marcio Tenponi disse...

é.... eta mensagem tb tocou muito meu coração..... perceber a soberania amorosa do Senhor sobre nós é muito bom!

©2007 '' Por Elke di Barros